0

Before They Pass Away

destaque
Before they pass away, que significa mais ou menos “antes que eles desapareçam”, tem como objetivo criar documentos fotográficos que resistam ao tempo e eternizem tribos do mundo inteiro que correm o risco de desaparacer com as ameaçadas geradas pelo progresso do homem ocidental.

Jimmy Nelson nasceu em Stevenoaks e para o projeto visitou 44 países, em todos os cinco continentes, desde 2009. Entre os lugares que esteve estão florestas, ilhas, montanhas, campos de gelo, rios e vales.

É um dos projetos fotográficos mais emocionantes que eu já vi, não apenas pela beleza das imagens, mas por seu significado e a reflexão que ele nos remete. Cada registro é mais que do que um retrato, é uma testemunha da natureza e tradições dessas tribos. Sobre o projeto, Jimmy diz: “eu queria criar um documento fotográfico estético ambicioso que resistisse ao teste do tempo. Um corpo de trabalho que seria um registro etnográfico insubstituível de um mundo desaparecendo rapidamente. Retratos elegantes e evocativos, criados com uma câmera. Mostrar uma vista extraordinária sobre a vida emocional e espiritual dos últimos povos indígenas do mundo. Ao mesmo tempo, seria glorificar sua variável e única criatividade cultural, com os rostos pintados, corpos escarificados, jóias, penteados, línguas e rituais extravagantes”.

Para conquistar as fotos não é tão simples. Exigiu do fotografo uma grande vivencia entre as tribos e mesmo assim ele diz que para cada foto chegava a passar três horas, entre planejamento e execução.

Vale a pena acessar o site do projeto. As outras fotos e depoimentos são belíssimos, como o depoimento dos Maoris: “My language is my awakening, my language is the window to my soul” (“minha língua é meu despertar, a minha língua é a janela para a minha alma”).

Anúncios